Semana passada tive a oportunidade de participar da minha primeira feira de carreira na Ironhack. Esta feira tem como objetivo aproximar os alunos que se formam com as empresas que estão buscando novos talentos.

Os alunos começam a se preparar para esse dia muito antes do evento acontecer. E como toda pessoa em busca de emprego, rola muita ansiedade e expectativa. Por isso, eu faço com eles toda revisão de currículo, otimização de linkedin, treinamento de pitch e entrevista. 

São momentos intensos, onde eles precisam aprender como contar suas histórias e mostrar suas habilidades técnicas e comportamentais. Não é fácil, mas com toda certeza o resultado mais gratificante nesse processo é que eles passam a enxergar as experiências e desafios passados com outros olhos, e também refletir sobre o que desejam para o futuro.

Como eu fiquei muito feliz com o feedback das empresas, que me disseram que grande parte deles estavam confiantes e seguros na hora da entrevista ( pode apostar que mostrar segurança e se sentir confiante durante uma entrevista, faz muita diferença no resultado final), resolvi compartilhar 3 dicas de como se sair bem em uma entrevista de emprego. Dicas que estão testadas e aprovadas por nossos alunos e empresas que os contratam.

Vamos lá?

  1. Pesquise muito sobre a empresa

Essa é a primeira dica e a mais importante! Você precisa se preparar para ir em uma entrevista. Hoje não é difícil encontrar informações na internet sobre o negócio. Pesquise o que a empresa faz, quais suas unidades de negócio, tamanho, faturamento, concorrentes, segmento, como se posiciona nas redes, o que os funcionários falam dela, notícias recentes, etc. 

Algumas sugestões de sites para encontrar essas informações:

Use suas habilidades como stalker para o bem, e  encontre informações sobre a empresa. Isso te dará mais confiança e segurança na hora da entrevista e também no meio da busca, você pode descobrir que aquela empresa não é para você, e assim não perder seu tempo e o do recrutador. 

2. Prepare um Pitch entre 1 e 2 minutos 

Você sabe o que é Pitch? Não?! Pois vou te contar. 

Imagine que você está no elevador com uma pessoa que poderia comprar um produto/serviço seu ou te contratar. Você tem apenas essa chance de conversar com ela. O que você falaria enquanto o elevador sobe? 

Esse é o elevator pitch. Uma fala breve, bem resumida, com o objetivo chamar atenção do ouvinte para continuar a conversa. Em resumo, você precisa estar pronto para se vender ou vender algo de maneira rápida, direta e cativante. 

Trazendo esse conceito para o mundo do recrutamento, é interessante que você tenha o seu pitch na ponta da língua, pois muitas entrevistas começam com uma pergunta super aberta, onde se pede para falar um pouco sobre você, e quem não se prepara fica bem desconfortável com essa questão e acaba perdendo a oportunidade de dizer coisas relevantes ou falando o que não deveria.

Seu pitch pode ser construído com a seguinte estrutura:

  • O que você fez / estudou no passado
  • O que você faz/ estuda agora
  • O que você deseja para o futuro

Entendeu? Não é tão simples construir um pitch estimulante, mas tente e teste muito. Peça opinião de amigos e pessoas que você confia. Em algum momento você vai saber exatamente o que dizer para chamar a atenção do recrutador e fazer com que ele tenha interesse em continuar conversando com você. Ah, e lembre-se de incluir em seu pitch não somente suas habilidades técnicas, mas também suas atitudes. É muito importante mostrar sua personalidade na hora da entrevista, pois quem está de avaliando também precisa te conhecer além dos seus certificados e carimbos na carteira de trabalho. 

3. Leve perguntas para o recrutador

É muito importante começar essa parte falando que uma entrevista é uma via de mão dupla. O entrevistador quer te conhecer, mas você também precisa conhecer um pouco sobre à empresa para saber se vocês combinam. Não pense que você está em uma posição inferior porque está sendo entrevistado e precisa que te escolham. Sempre que possível, seja protagonista do processo e mostre que também está escolhendo e por isso precisa conhecer mais. 

Como descobrir quais perguntas fazer? 

Se você fizer sua pesquisa (dica 1) direitinho, com certeza durante esse processo surgirão dúvidas e curiosidades. Anote tudo! Tudo que despertar seu interesse em saber um pouquinho mais, anote. 

Depois de ter essa lista, selecione as que são mais interessantes e possíveis de serem respondidas durante uma entrevista. Separe perguntas mais técnicas do cargo/função/produto quando for conversar com um gestor de área ou especialista. Quando a conversa for com o pessoal de recursos humanos, foque em perguntar questões genéricas sobre o negócio e cultura da empresa. 

Fazer perguntas mostra interesse e pode gerar uma boa conversa com quem está te entrevistando. Pode acreditar que fazer isso pode te colocar na frente de outros candidatos. 

Por hoje é isso! Em breve posto mais dicas que irão te ajudar na busca pela próxima vaga =)

Gostou? Se sim, compartilhe com um amigo que está em busca de um novo emprego para ajudar ele também!

Até a próxima!

Rita Oliveira 

Tags:

No responses yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *